Acaba combustível em postos de Tangará da Serra

Com a alta procura e a falta de abastecimento, o estoque de gasolina e o etanol acabaram nos posto de combustível de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, neste sábado (26). O desabastecimento também afeta os municípios de Rondonópolis, Tapurah, Cuiabá e Várzea Grande.

A situação é reflexo da greve dos caminhoneiros que entra no sexto dia. Neste sábado, são registrados pelo menos 27 pontos de manifestação em Mato Grosso. Os protestos ocorrem na BR-070, BR-174, BR-158, BR-364, BR-163, MT-358 e MT-480.

Em Tapurah, a 414 km de Cuiabá, todos os três postos da cidade fecharam as portas. Apenas diesel é encontrado no município.

Nos outros municípios, desde a quinta-feira (24), os estabelecimentos registraram longas filas de clientes que aguardavam abastecimento.

Diante da possível falta de combustível, alguns motoristas decidiram estocar etanol e gasolina em galões, além de encher os tanques dos veículos.

Alguns revendedores da região metropolitana de Cuiabá já teriam informado que o estoque deles pode se esgotar até este sábado.

Em outros municípios do interior, como Barra do Garças a Pontal do Araguaia, a 516 km e 518 km de Cuiabá, respectivamente, há postos que não possuem mais gasolina e etanol em estoque.

Em Mirassol D’Oeste, a 329 km de Cuiabá, alguns postos possuem apenas um ou outros combustível disponível. Já em Juara, a 690 km de Cuiabá, alguns estabelecimentos estão fechados desde quinta-feira por falta de combustível.

Na quinta-feira, o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis de Mato Grosso (Sindipetróleo) informou que também há confirmações de postos sem produtos em Primavera do Leste, Nova Xavantina, Diamantino e Juína. Em postos de outros municípios do interior, há apenas óleo diesel nos tanques.

 

Por G1-MT