Acordo pós-Brexit dá aval a retaliação unilateral, diz Comissão Europeia

Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen defendeu a aprovação do acordo comercial pós-Brexit entre o Reino Unido e a União Europeia (UE), em discurso no Parlamento Europeu nesta terça-feira, antecedendo a votação dos congressistas acerca do tema ainda nesta data. Segundo ela, o acordo dá segurança para que a UE possa aplicar “medidas remediadoras unilaterais” contra o Reino Unido, se necessário.

“Deixe-me ser clara: não queremos ter que usar essas ferramentas. Mas não hesitaremos em usá-las se necessário”, disse von der Leyen aos parlamentares.

A fala responde à relutância de alguns membros do Parlamento Europeu em aprovar o acordo comercial com o Reino Unido, preocupação compartilhada por von der Leyen, já que o lado britânico “não tem cumprido com acordos existentes com a UE”, disse.

Para von der Leyen, além de oferecer segurança à UE, o acordo também protege os interesses dos cidadãos europeus, ao “evitar disrupções significativas para trabalhadores e viajantes, desde a comunidade de pesca à de negócios”.

O pacto comercial também preserva a integridade do mercado único europeu, avalia a presidente da Comissão Europeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *