Advogada presa abrirá escritório para negros

Valéria Lúcia dos Santos, a advogada que foi algemada dentro de uma sala de audiência, no mês passado, vai montar um escritório especializado em causas negras. A sala já está até escolhida. Será exatamente em frente ao Fórum de Duque de Caxias, de onde a advogada, de 48 anos, foi retirada pela polícia naquele 10 de setembro que mudaria sua vida.

O escritório terá como foco não somente a população negra, mas também as demais minorias. Valéria está em um congresso em Teresina e espera finalizar o projeto já na próxima semana.

 

Por O GLOBO