Advogados da família de Gugu defendem espólio de apresentador: “Obrigação moral”

A novela envolvendo a família, incluindo os filhos de Gugu Liberato, de um lado, e a ex-companheira, Rose Miriam di Matteo, do outro lado, ganhou mais uma reviravolta. O chef de cozinha Thiago Salvatico, apontado como companheiro do apresentador, decidiu também entrar na Justiça para participar do processo do inventário e os representantes dos Liberato logo reagiram à notícia soltando um comunicado. “É nossa obrigação moral defender a vontade de Gugu, em prol de seus filhos e herdeiros. Isso vale contra quem quer que seja que questione o testamento, por ele firmado, há tempos, e diante da lei. Não importa como se apresente: mãe, tio, amigo ou qualquer outro que deseje injustamente buscar se beneficiar com o falecimento de Gugu, ou que atente contra sua memória”, esclarece na nota Carlos Eduardo Farnesi Regina.

Leia também: Advogados de Gugu dizem desconhecer novo processo envolvendo inventário

Gugu Liberato arrow-options
Reprodução/Record TV

Gugu Liberato


Leia também: “Gugu posava com Rose Miriam de família margarina”, diz Antonia Fontenelle

Desde a morte de Gugu Liberato no final de novembro, parentes do apresentador protagonizam um embate público em relação à herança deixada por ele e estimada em aproximadamente R$ 1 bilhão.

Leia também:  Maquiador de Gugu Liberato comenta notícias sobre o apresentador: “Ninguém sabe”

Em recente entrevista ao ‘Fantástico’, Maria do Céu, mãe de Gugu Liberato , afirmou que o apresentador nunca teve um relacionamento com a médica Rose Miriam, mãe de seus três filhos. “Eles nunca tiveram nada um com o outro, e eu juro isso porque eu sei”, disse ela na ocasião.

Fonte: IG GENTE