Após ato de vandalismo, UPA Morada do Ouro terá atendimentos suspensos por cinco dias

Tentativa de arrombamento ao gerador causou danos que exigem a substituição do aterramento e fiação elétrica

A Prefeitura Municipal de Cuiabá vem a público comunicar que a Unidade de Pronto Atendimento Morada do Ouro sofreu ato de vandalismo  e tentativa de furto  ao gerador utilizado,  o que acarretou pane ao sistema elétrico e suspensão das atividades temporariamente pelo período de 21 a 25 de abril.  Para informar à população e, sempre pautada pelo zelo e transparência,  a Prefeitura de Cuiabá emitiu informe publicitário (em emissoras de televisão)  na data de hoje (16).

A ação criminosa foi registrada perante à Polícia Judiciária Civil –  por meio de Boletim de Ocorrência 89598/2021  – para identificação e responsabilização no âmbito penal; 

A medida de suspensão dos atendimentos pelo período de  21 a 25 de abril será adotada para preservação da integridade física dos servidores e do público; 

A tentativa de arrombamento ao gerador causou danos que exigem a substituição do aterramento e fiação elétrica que alimentam à UPA Morada do Ouro, conforme laudos emitidos por empresa contratada pela prestação de serviços radiológicos;  

Os cerca de 60 servidores lotados na UPA serão temporariamente remanejados para outras unidades para darem suporte às atividades evitando ainda maior sobrecarga no atendimento. Os pacientes internados no local serão  transferidos e permanecerão atendidos na rede pública municipal; 

A Prefeitura de Cuiabá reforça que nesse período excepcional de suspensão (de 21 a 25 de abril), os  atendimentos de urgência e emergência na capital poderão ser feitos na Policlínica do Planalto, Pedra 90 e Coxipó. Em casos específicos de suspeita de Covid19, os atendimentos na Policlínica do Verdão ou na Upa do Pascoal Ramos.

Por Luiz Alves