Arena Pantanal passa por reformas para receber série A e fortalecer futebol mato-grossense

Melhorias abrangem adequações em espaços acessados por clubes de futebol e imprensa, além de manutenções para garantir mais conforto e proteção aos usuários

Para que a Arena Pantanal ocupe de vez seu protagonismo como aparelho esportivo do país, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT) executa uma série de reparos e melhorias no espaço. A reforma visa acolher de forma adequada as equipes, a imprensa e o público em jogos de campeonatos estaduais e nacionais, como a série A do Brasileirão após acesso do Cuiabá E. C. à elite do futebol brasileiro.

De acordo com o secretário adjunto de Esporte e Lazer da Secel, Jefferson Carvalho Neves, as intervenções abrangem manutenções prediais regulares e adequações para atender os requisitos da série A do campeonato brasileiro 2021. 

“São ações que precisavam ser feitas para manter o prédio em boa qualidade. E incrementamos também algumas áreas com foco nos jogos da Série A, como a adequação dos vestiários e salas de imprensa, além dos reparos necessários para obtenção dos alvarás de vigilância sanitária e de segurança contra incêndio e pânico”, explica Jefferson.

Com 60% da reforma concluída, os vestiários da Arena Pantanal passam por reestruturação que prevê troca de piso, forro, chuveiros elétricos, mictórios e banheiras e ainda melhorias nas pias, paredes e nos sistemas hidráulicos e de ar-condicionado. Adequações semelhantes ocorrem também nas áreas de testagem para dopping, arbitragem e de acesso dos jogadores e equipe técnica.

Como a realização de jogos de elite reflete em aumento de comparecimento de veículos de comunicação locais, nacionais e internacionais no estádio, a reforma contempla também melhorias no setor de imprensa. Dentre as obras, que já estão com 90% de andamento, constam instalação de cabines de rádio, iluminação e pintura das salas e manutenção dos elevadores para acesso das equipes. 

A renovação do alvará de segurança contra incêndio e pânico, que é emitido pelo Corpo de Bombeiros, prevê medidas para a proteção de todos os usuários do estádio. As providências incluem a substituição de luminárias de emergência e de mangueiras de hidrantes que já estejam vencidas, a sinalização de saídas de emergência e a manutenção sistema de detecção de fumaça. 

Em 2019, o alvará de segurança contra incêndio e pânico foi obtido pela gestão atual com a realização de um volumoso reparo nos equipamentos e na estrutura da Arena Pantanal.  O documento certificou que, após quatro anos funcionando por meio de laudos provisórios, os maiores setores do estádio, o Leste e o Oeste, estivessem aptos para receber os torcedores com segurança. Desta vez, a reforma objetiva obter o certificado para todos os setores, incluindo o norte e o sul. 

Além disso, o estádio recebe outras diversas ações para melhoria de sua estrutura.  Os avanços incluem substituição de todas as caixas d’água, benfeitorias no estacionamento do subsolo, reparos nas salas vips e camarotes, plantio de grama no jardim interno, melhorias na iluminação externa, e manutenção e troca de portões de acesso do torcedor, dentre outros.

Para o titular da Secel, Alberto Machado, a reforma vai garantir que o estádio esteja preparado para acolher satisfatoriamente os jogos da série A do Brasileirão, ajudar a fortalecer todo o futebol mato-grossense, e propiciar um melhor espaço para uso da população. 

“Hoje a Arena Pantanal faz parte da vida do povo mato-grossense, por causa do futebol e por todos os usos que o espaço oferece, de prática esportiva ao combate à covid-19. Com essa grandiosa reforma, esperamos potencializar ainda mais o papel de nosso estádio, dando condições para motivar também outros clubes de futebol de Mato Grosso, e claro, trazer ainda mais motivos de orgulho para todos nós”, destaca.

Por Cida Rodrigues