Assassino confessa que matou a esposa e depois foi dizer pra mãe que “fez merda”

Por Esportes & Notícias

O delegado Marcel Gomes, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu na tarde de quinta-feira (19), Estevam Ricardo Bento de Santana, 31 anos, por matar a esposa, Ariana Francelino de França, 33 anos, a facadas, na madrugada de terça-feira (17), no bairro Jardim Aroeira, em Cuiabá.

Ele estava com a prisão decretada e se apresentou na sede da DHHP, acompanhado de um advogado. Ao ser ouvido pelo delegado Marcel Gomes de Oliveira, ele confessou o crime e disse que foi motivado por ciúmes. Estevam também alegou legítima defesa e afirmou que foi agredido pela esposa.

Conforme o delegado Marcel, Estevam e Ariana estavam juntos há um ano, sendo que há quatro meses eles moravam juntos. A relação era conturbada.

No dia do crime, a sogra da vítima contou que seu filho chegou pela manhã nervoso em sua residência e disse “mãe, fiz merda”. A mulher foi então até o local do crime e encontrou a vítima caída no chão da sala, com um lençol em cima dela.

A própria mãe do suspeito foi quem acionou a Polícia Militar. A versão apurada é a de que os dois estavam fazendo uso de bebida alcoólica, quando o homem pegou uma faca e atingiu a mulher.