Atriz de ‘Big Bang Theory’ pede para comprar cavalo maltratado em Tóquio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A atriz Kaley Cuoco, 35, conhecida pela série “The Big Band Theory”, se ofereceu para comprar um cavalo que foi vítima de maus-tratos durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, encerrados no dia 8. “Vou mostrar a ele a vida que ele deve ter”, afirmou ela.


Cuoco publicou uma série de stories no Instagram condenando a ação do técnico alemão Kim Raisner, que foi expulso dos Jogos após ser flagrado dando um soco no cavalo Saint Boy, montado por Annika Schleu. O animal refugou em alguns obstáculos da prova.

“Você e sua equipe não orgulham seu país ou esse esporte. Vocês nos fazem mal. Que vergonha! E boa sorte a qualquer animal que entre em contato com vocês”, afirmou a atriz, que é apaixonada por cavalos e casada com o treinador de cavalos Karl Cook.

Ela continuou: “Este não é um salto olímpico. Esta é uma representação nojenta, sem classe e abusiva do nosso esporte de muitas maneiras. Esta equipe deveria ter vergonha de si mesma”, completou, mostrando fotos do cavalo e de Schleu.

A atriz então disparou: “Diga o seu preço”. Mais tarde, ela voltou a usar as redes sociais para afirmar que a proposta de compra do animal foi séria.

O treinador alemão Kim Raisner foi expulso dos Jogos após ser flagrado por câmeras dando um soco no cavalo após a competição feminina de pentatlo moderno. O esporte inclui esgrima, natação, hipismo e um evento de tiro e corrida cross country.