Bahia joga na Bolívia em busca da liderança do Grupo B da Copa Sul-Americana

Poucos dias após o título da Copa do Nordeste, o Bahia volta a campo nesta quinta-feira para enfrentar o Guabirá (BOL) às 19h15, no estádio Gilberto Parada, em Montero, na Bolívia, pela quarta rodada do Grupo B da Copa sul-americana.


Pela primeira vez o Bahia poderá assumir a liderança. Isso porque o atual líder Independiente (ARG) empatou com o Montevideo City (URU) por 1 a 1 na terça-feira e chegou a oito pontos. O Bahia é o segundo com cinco e leva vantagem nos critérios de desempate para ser líder.

Teoricamente, o time brasileiro tem tudo para vencer sem sustos. O Guabirá (BOL) acumula três derrotas em três jogos disputados e aparece na última posição sem pontuar. O time já está fora da briga pela classificação à próxima fase, porque só o líder avança.

Com a sequência de jogos, o Bahia teve pouco tempo para comemorar o título da Copa do Nordeste em cima do Ceará e já teve que voltar aos treinamentos visando o importante duelo na Bolívia.

Titular do time, o zagueiro Juninho comentou sobre a conquista e enfatizou que o elenco está focado em sair da Bolívia com a liderança da chave. “A gente tem que entender o momento que o clube vive, de euforia, alegria. Mas sabemos que temos um jogo muito importante, que vale a liderança do grupo, que é objetivo que a gente vai buscando. Temos que saber virar a chave para sair líderes daqui”, disse o jogador.

A tendência é que o técnico Dado Cavalcanti volte a colocar força máxima do Bahia para vencer o Guabirá, embora alguns jogadores possam ser poupados devido ao desgaste físico referente à sequência de jogos na temporada.

Já o Guabirá, sem qualquer pretensão, quer vencer em casa para amenizar a péssima campanha no torneio continental. Em relação ao time que vinha atuando, o técnico Victor Andrada não deverá contar com o atacante Kevin Mina, com desgaste muscular e entregue ao departamento médico.