Barbudo diz que PSL deseja ter ao menos 30 prefeitos em 2020

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-language:EN-US;}

Presidente do PSL em Mato Grosso, o deputado federal Nelson Barbudo afirmou que o partido trabalha com a meta de ter entre 30 a 40 prefeitos a partir das eleições de outubro do próximo ano.

 

Atualmente, a sigla comanda três municípios do Estado: Sapezal (Valcir Casagrande), Tapurah (Iraldo Ebertz) e Campo Novo dos Parecis (Rafael Machado).

 

Segundo Barbudo, o “pontapé” para o crescimento da sigla em Mato Grosso será dado no próximo sábado (17), quando acontece na Capital um grande ato de filiação, o “Vem para o 17”, em alusão ao número do PSL na urna eletrônica.

 

Em 90 dias, já teremos 10 prefeitos confirmados no PSL. Para o próximo ano, queremos de 30 a 40 prefeitos

“Faremos um grande ato de filiação, já temos confirmada a participação de quase 100 diretórios provisórios. Vamos debater as diretrizes do partido e fazer as filiações”, disse Barbudo, em entrevista ao MidiaNews.

 

“Em 90 dias, já teremos 10 prefeitos confirmados no PSL. Para o próximo ano, queremos de 30 a 40 prefeitos”, acrescentou o presidente.

 

Disputa na Capital

 

Barbudo disse também que o partido tem a intenção de lançar candidatura própria em Cuiabá, nas eleições de 2020.

 

Todavia, ele admite que ainda não há um nome dentro da sigla que tenha “despontado” e que já se mostre viável para encabeçar uma disputa no próximo ano.

 

Sem antecipar nomes, ele disse que muitas pessoas da Capital devem se filiar ao partido já neste evento de sábado e podem ser trabalhadas para a disputa ao Palácio Alencastro.

 

O próprio nome de Barbudo já foi citado pelo presidente nacional do partido, Luciano Bivar, como possível postulante ao cargo.