Botelho espera conhecer todos os novatos para definir candidatura

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;
mso-fareast-language:EN-US;}

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado reeleito Eduardo Botelho (DEM), afirmou que busca uma conversa com os 14 novos parlamentares, que tomam posse a partir de fevereiro de 2019, para analisar a viabilidade de disputar novamente o comando da Mesa Diretora.

 

Ao iniciar o mandato, em 2015, Botelho conseguiu ser o vice-presidente da Assembleia, sendo Guilherme Maluf (PSDB) o então presidente. Em 2017, com apoio do governador Pedro Taques (PSDB) nos bastidores, Botelho alcançou o comando do Legislativo.

 

“Não conheço todos os deputados. Ainda faltam uns cinco para conhecer, conversar. Tem que esperar para conhecer o pessoal. Ver o que estão pensando, para, então, ver a viabilidade”, disse em conversa com a imprensa na quinta-feira (18).

 

Nos bastidores, Botelho vem conversando não só com os novatos, mas também com os deputados reeleitos.

 

Tem que esperar para conhecer o pessoal. Ver o que estão pensando, para, então, ver a viabilidade

Além dele, são cotados, por ora, para a presidência da Assembleia o deputado Guilherme Maluf, atualmente primeiro-secretário; Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), segundo mais votado na eleição deste ano; e Janaina Riva (MDB), a mais votada na eleição.

 

A eleição está marcada para 1º de fevereiro, quando os eleitos e reeleitos tomam posse para a 19ª Legislatura. A nova Mesa Diretora será responsável pelo biênio 2019/2020.

 

“Estou conversando com os deputados. Preciso conhecê-los primeiro para ver o que estão pensando. Estamos nesta fase”, resumiu.

 

Questionado sobre um eventual apoio do governador eleito Mauro Mendes (DEM), Botelho desconversou.

 

“Não falei ainda com ele. Só o vi depois da eleição, no dia que ele veio aqui na Assembleia em uma reunião com os deputados. Não deu para conversar nada”, disse.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

“Se eu vir sinalização positiva, vou me candidatar”, diz Botelho