Brasileiros confiam mais em Moro do que em Lula e Bolsonaro

Pesquisa Datafolha publicada neste domingo pelo Jornal “Folha de S. Paulo” mostra que o ministro da Justiça, Sergio Moro, é a personalidade pública em que os brasileiros mais confiam entre 12 figuras políticas avaliadas. Entre elas estão o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

 
De acordo com o levantamento, 33% dos entrevistados têm alta confiança em Moro, 23% dizem ter média confiança, e 42%, baixa confiança. O ex-presidente Lula tem 30% de alta confiança, 16% de média e 53% de baixa.Em seguida, empatados na margem de erro estão Bolsonaro, com 22% de alta confiança, 22% média e 55% baixa, e Luciano Huck, com 21% de alta, 22% média e 55% baixa confiança.

 
Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), têm 11% e 7% de alta confiança, respectivamente. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, tem 7% de índice de alta confiança.
 
Já o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem 10% de índice de alta confiabilidade, empatado pela margem de erro com o atual vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), com 12%.
 
Os entrevistados disseram, em uma escala de 0 a 10, o nível de confiança que tinham em cada um dos 12 integrantes da lista. As notas até 5 são consideradas baixo índice de confiança, de 6 a 8, médio, e 9 e 10, alto.
A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%.
 
 

 

De acordo com o levantamento, 33% dos entrevistados têm alta confiança em Moro, 23% dizem ter média confiança, e 42%, baixa confiança. O ex-presidente Lula tem 30% de alta confiança, 16% de média e 53% de baixa.Em seguida, empatados na margem de erro estão Bolsonaro, com 22% de alta confiança, 22% média e 55% baixa, e Luciano Huck, com 21% de alta, 22% média e 55% baixa confiança.

 
Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), têm 11% e 7% de alta confiança, respectivamente. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, tem 7% de índice de alta confiança.
 
Já o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem 10% de índice de alta confiabilidade, empatado pela margem de erro com o atual vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), com 12%.
 
Os entrevistados disseram, em uma escala de 0 a 10, o nível de confiança que tinham em cada um dos 12 integrantes da lista. As notas até 5 são consideradas baixo índice de confiança, de 6 a 8, médio, e 9 e 10, alto.
A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%.
 
 
 

Ciro Gomes (PDT) e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), têm 11% e 7% de alta confiança, respectivamente. Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, tem 7% de índice de alta confiança.

 

Já o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem 10% de índice de alta confiabilidade, empatado pela margem de erro com o atual vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), com 12%.

 

Os entrevistados disseram, em uma escala de 0 a 10, o nível de confiança que tinham em cada um dos 12 integrantes da lista. As notas até 5 são consideradas baixo índice de confiança, de 6 a 8, médio, e 9 e 10, alto.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é de 95%.