Cacique da etnia Xavante em Sangradouro morre de coronavírus

Por Esportes & Notícias

A etnia Xavante perdeu um de seus principais líderes em Mato Grosso. O cacique xavante, Domingos Mohoro, 60 anos, pegou o coronavírus aldeia. Seu estava de saúde foi piorando e na segunda-feira foi transferido com urgência para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santa Casa de Cuiabá, onde não resistiu a Covid-19 e acabou falecendo.

O cacique Domingos era da aldeia Sangradouro e após contrair a doença chegou a ser levado para um hospital de Primavera do Leste, onde a doença piorou e precisou ser transferido para Cuiabá.

Após a morte, atendendo a um pedido da comunidade indígena, o corpo do cacique foi transferido para a aldeia Sangradouro, onde haverá, nesta terça-feira uma cerimonia fúnebre xavante. O cacique foi coordenador da saúde Indígena e estava à frente da Cooperativa Indígena do território sangradouro.