Candidatura não é ‘nem oposição nem situação’ a governo, diz Simone Tebet

O anúncio é uma estratégia para contrapor o atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que se aproximou do presidente Jair Bolsonaro e tenta votos para eleger Rodrigo Pacheco (DEM-MG) como sucessor

O MDB lançou a senadora Simone Tebet (MDB-MS) à presidência do Senado com o discurso de independência em relação ao Palácio do Planalto. O anúncio é uma estratégia para contrapor o atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que se aproximou do presidente Jair Bolsonaro e tenta votos para eleger Rodrigo Pacheco (DEM-MG) como sucessor.

Em coletiva de imprensa, Simone Tebet afirmou que a candidatura não é “nem oposição nem situação” ao governo e que a independência significa não ser contra o governo, mas votar as pautas importantes para o País. Ela elegeu a pauta econômica como prioridade e defendeu uma “votação relâmpago” de projetos para a retomada econômica.

Por Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *