Comunidade São Gonçalo Beira Rio será projeto piloto de reestruturação do turismo em Cuiabá

Objetivo da Secretaria de Turismo é fazer da comunidade um modelo

Os moradores da Comunidade São Gonçalo Beira Rio estão felizes com a iniciativa da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria de Turismo em traçar novos objetivos voltados para o local. Em reunião realizada na última quinta-feira (28), solicitada pela secretária da Pasta, Iracilda Campos e com a participação do secretariado municipal, a gestora falou do projeto de transformar a comunidade em um projeto piloto de reestruturação do turismo cuiabano, que vai focar na valorização do que já existe para o público regional e local. Preocupado em fomentar o segmento, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, criou no ano passado uma pasta destinada a desenvolver a área.

Seguindo a premissa, o objetivo da Secretaria de Turismo é fazer da comunidade um modelo para a nova cara do turismo cuiabano, revitalizando o que já temos em questão de estrutura física, de bares, peixarias, atendendo a nova realidade do turismo diante da pandemia e capacitando os empreendedores locais. 

“A determinação do prefeito Emanuel Pinheiro quando desmembrou a Secretaria de Turismo era de criar possibilidades, novas perspectivas de fomento do setor, levando em consideração o cenário de pandemia que vivemos. E é isso que queremos construir, fazendo da Comunidade São Gonçalo Beira Rio o nosso projeto piloto para reestruturar o turismo em Cuiabá. Vamos entregar o Marco Zero e revitalizar o rio, que é peça chave para desenvolver e valorizar a cultura de Cuiabá, que é o nosso grande potencial turístico”, declarou a secretária de Turismo, Iracilda Campos. 

Seu Dalmir Lucio de Almeida, que é um dos moradores mais antigos da região, há pouco mais de 30 anos, lembra bem de como era a realidade de outrora. Ele que é presidente da Associação de Moradores, conta que o vilarejo por muito tempo serviu como ponto de chegada para os bandeirantes. Por isso, logo na entrada, está sendo construído o memorial com a figura dos três barcos que faziam os passeios curtos de navegação pelo Rio Cuiabá, Coxipó e região, conhecido como “Marco Zero”. 

“Essa é uma obra bastante esperada por nós moradores. Acreditamos que desse ano não passa. O prefeito está muito bem representado por seus secretários que estão trabalhando por nós. Estamos todos confiantes”, comentou Dalmir.

Atualmente, a comunidade conta com diversas peixarias e inúmeros pontos de venda de artesanato, que atraem centenas de pessoas principalmente nos finais de semana e feriados. O presidente do Trade Turístico, Luiz Carlos Nigro, presente também durante a visita técnica, considera São Gonçalo como o berço de Cuiabá. 

“Com os investimentos que estão sendo executados pelo Executivo Municipal, o lugar será ainda mais atraente e possibilitará a geração de emprego e renda para a comunidade”, destacou Luiz Carlos Nigro.

A Pasta também trabalha em outras frentes do turismo local. Há projetos voltados para a revitalização dos pontos históricos e turísticos existentes na capital, como Museu do Rio, Morro da caixa D’Água Velha, Centros de Atendimentos aos Turistas (CAT’s), dentre outros, com foco na preparação desses locais para receber feiras e eventos, fomentando a geração de emprego e renda. 

Na ocasião, também estavam presentes o secretário de Governo e interino de Cultura, Esporte e Lazer, Luiz Cláudio Sodré, o secretário-adjunto de Cultura, Esporte e Lazer, Justino Astrevo, o diretor técnico de Serviços Urbanos, Anderson Matos, o secretário-adjunto de Turismo, Rogério Noronha e o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Juca do Guaraná Filho, além de moradores da região.

Por Carolina Miranda