Contra Londrina, Vasco busca reabilitação para evitar distância do G-4

O Vasco aposta no fator casa para se recuperar na Série B do Campeonato Brasileiro e não perder de vista o G-4 – a zona de acesso à primeira divisão. Nesta quarta-feira, o time do técnico Lisca receberá o Londrina, às 21h30, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 19.ª e última rodada do primeiro turno.


O Vasco tem a quarta melhor campanha como mandante. São seis vitórias, um empate e duas derrotas, com um aproveitamento de 70,4%. Derrotado pelo Remo, por 2 a 1, em Belém, o clube carioca parou nos 28 pontos. O Londrina, por sua vez, até venceu o Vila Nova por 1 a 0, mas segue na zona de rebaixamento, com 16 pontos. Para piorar, o clube paranaense tem apenas uma vitória como visitante, além de quatro empates e três derrotas (29,2%).

“Estamos analisando bem. Se precisarmos, vamos nos mexer e reforçar o grupo onde ele precisa. O momento é de avaliação, final do primeiro turno está aí e depois nós vamos sentar, conversar e ver qual vai ser o nosso caminho para o segundo turno da competição”, analisou Lisca.

O treinador terá a volta do lateral Léo Matos, do meia Marquinhos Gabriel e do zagueiro Leandro Castán, que cumpriram suspensão, além do atacante Morato, livre da quarentena por covid-19. O goleiro Vanderlei, por outro lado, foi expulso e está fora. Ele deve ser substituído pelo campeão olímpico Lucão. Já o garoto MT foi multado e afastado por ter participado de uma festa em Cabo Frio (RJ).

No Londrina, o técnico Márcio Fernandes terá que superar o desfalque do meia-atacante Lucas Lourenço. Ele pode colocar Caprini no ataque, mas Tiago Orobó, ex-Ponte Preta, corre por fora. Há ainda a chance de Celsinho entrar para reforçar o meio-campo. No mais, o time deve ser o mesmo da rodada passada.

“Perdemos o Lucas Lourenço, que nos dá uma dinâmica muito boa ali, temos que pensar em outra formação”, analisou o técnico Márcio Fernandes.