Contrato de Sampaoli com o Atlético-MG tem multa de US$ 2,5 milhões

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) – Atlético-MG e Jorge Sampaoli definiram dois valores de multa rescisória durante o contrato do técnico, que se encerra no fim de 2021. No primeiro ano, é preciso pagar US$ 2,5 milhões para definir a saída do argentino da Cidade do Galo.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || ).push({});

O valor é reduzido para US$ 1,5 milhão a partir de janeiro de 2021. A cláusula determina pagamento bilateral -portanto, se qualquer uma das partes decidir romper o vínculo, terá de efetuar o pagamento.

A minuta foi ajustada na última reunião entre as partes antes da assinatura do contrato. O encontro ocorreu no início de março e contou com a presença do presidente do clube, Sérgio Sette Câmara, e de investidores.

Por exigência de seu estafe, Sampaoli acertou que o contrato com o Atlético seria atrelado ao dólar. Contudo, devido à oscilação recente da moeda norte-americana, houve um acordo para congelar o câmbio. Ficou definido que o valor de conversão é a média da variação cambial dos últimos dois anos.

Com o congelamento do valor do dólar, as partes definiram o pagamento do salário de Sampaoli e de seus cinco auxiliares. As partes podem se reunir para rediscutir a cotação do dólar a qualquer momento do contrato.

Sampaoli e sua comissão técnica recebem cerca de R$ 1 milhão por mês na Cidade do Galo. O técnico argentino chegou ao clube para substituir Rafael Dudamel, demitido em fevereiro passado após eliminações na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana.

Veja também: Daniel Alves cita pior momento da carreira e quer se aposentar no Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *