CPI da Covid: Vieira diz que Pazuello não entendeu missão de salvar vidas

O líder do Cidadania no Senado, Alessandro Vieira (SE), afirmou que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello seria “um burocrata que nunca entendeu que sua missão era salvar vidas, não obedecer” às ordens do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).


O senador avalia ainda que o ex-ministro, que depõe pelo segundo dia à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19 nesta quinta-feira, 20, não seria um “homem mau”, mas teria seguido ordens “sem pensar”.

“Perdemos milhares de vidas por conta desta visão distorcida. Distorção que Mandetta e Teich rejeitaram”, escreveu Vieira em seu perfil no Twitter.