Criatura misteriosa é encontrada em praia

Durante um passeio com seus cães na praia Rhossili, em Swansea, no País de Gales, Bethan Janetta se deparou com os restos em decomposição de um animal misterioso. A carcaça media cerca de um metro de comprimento, com cauda longa e a cabeça grande, provavelmente de um cetáceo.

– Para mim parecia um cetáceo nem podre – contou Bethan, ao site local Wales Online. – Eu coloquei (a fotografia) no Facebook que provocou uma grande discussão. Outras pessoas acham que é algo diferente, como um crocodilo. Seria interessante descobrir qual é a espécie.

O pesquisador Dan Forman, do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Swansea concorda com Bethan.

– Quando você olha pela primeira vez, pode pensar que é um crocodilo, mas certamente não é – analisou. – Há uma grande protuberância na base do crânio, característica de um cetáceo.

A confusão acontece porque em uma das imagens (acima) a cabeça está virada e, pelo ângulo, a cauda parece alongada e fina. Uma segunda fotografia, de outro ângulo, mostra o que parece ser um golfinho ou uma pequena baleia.

– Nós recebemos uma quantidade razoável de baleias e golfinho, muitos deles mortos e em decomposição – disse Forman.

A espécie exata ainda não foi identificada, mas Mark Hipkin, guarda florestal responsável pela área que coletou a carcaça, confirma se tratar de um cetáceo.

– Ele mede apenas um metro e meio – comentou Hipkin. – Nós temos botos sendo trazidos para a praia com regularidade, assim como golfinhos e focas.

As carcaças encontradas em praias são importantes para que pesquisadores e agências ambientais monitorem a saúde da vida marinha na região. Além disso, fornecem informações como padrões de alimentação, presença de parasitas e níveis de poluição.

Por EXTRA