Cuiabá recebe o Guarani precisando vencer para ficar ainda mais perto da Série A

Depois de uma rodada perfeita, onde aumentou em um ponto a vantagem sobre seus principais concorrentes, o Cuiabá volta a jogar na noite desta quinta-feira, agora pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O adversário será o Guarani, de Campinas. Uma vitória, além de manter a equipe cuiabana isolada na terceira colocação, a deixará muito mais perto de seu principal objetivo na temporada, que é subir para a Série A, a elite do futebol brasileiro. A torcida promete se fazer presente do lado de fora do local do jogo, a Arena Pantanal, recebendo a delegação, incentivando e fazendo festa com a charanga para que o time possa superar o adversário e sair com uma grande vitória.

Após o treino de terça-feira, no Centro de Treinamentos do Dourado, o técnico Allan Aal confirmou que o time não muda, com isso deve manter Matheus Barbosa como titular, deixando Elvis para uma possível entrada na fase complementar. E o esquema também não muda. O time continuará jogando com cuidados defensivos e procurando a vitória em ataques de velocidade. Aal entende que o Guarani, que está abaixo na classificação e sabendo que é a última chance de se aproximar do G4 terá de se abrir mais, procurar o jogo, o que pode ser útil para o esquema tática do Cuiabá, que gosta de jogar explorando os contra-ataques.

Quem estará à disposição do treinador para este jogo é Williams Santana, que já cumpriu suspensão automática. Mas, vai ficar no banco. É considerado um atleta versátil, que atua bem no ataque e fundamental na marcação alta.

“Será mais uma partida muito importante. Jogar contra o Guarani sempre é muito difícil, até mesmo porque eles brigam na parte de cima da tabela. Temos que ter atenção redobrada desde o primeiro minuto”, falou Marcinho.

No Guarani, o jogo é considerado de vida ou morte. Só a vitória mantém o time sonhando com a volta a elite do futebol brasileiro. Por isso, será totalmente ofensivo e procurando marcar logo nos primeiros minutos de jogo.
Isso foi mostrado no treino de quarta-feira em Cuiabá, onde o técnico Felipe Conceição reintegrou o atacante Rafael Costa, que ficou de fora da derrota diante do CRB. Além dele, também retornaram: o atacante Pablo e o zagueiro Romércio, que cumpriram os protocolos após testarem positivo para o coronavírus. Ambos foram liberados para atuar.
O treinador contara ainda com inúmeros desfalques. O mais recente é Arthur Rezende, devido ao terceiro cartão amarelos. Já Junior Todinho foi vetado pelo Departamento Médico. E os goleiros Gabriel Mesquita e Jefferson Paulino, os zagueiros Bruno Silva, Victor Ramon e Walber, o meia Lucas Crispim e o atacante Waguininho foram contaminados e estão em isolamento. Segundo apuração, Renanzinho e Bidu testaram positivo nesta quarta-feira.

Por; Esportes & Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *