Cuiabá tem recorde de mortes por covid neste domingo: foram 7 óbitos

Por Esportes & Notícias

Domingo, 0762020. Este esta sendo o mais trágico dos dias que Mato Grosso vive neste pandemia do coronavírus que começou e 23 de março, quando foi decretado estado de calamidade pública e o isolamento social das pessoas em suas casas. Somente em Cuiabá foram confirmadas nas primeiras horas deste domingo por parte do prefeito Emanuel Pinheiro e do secretário municipal de Saúde, Luiz Antônio Póssas sete mortes de moradores da cidade. Uma demonstração que a flexibilização do isolamento esta provocando o aumento de óbitos.

Em nota, onde lamentam as mortes em poucas horas deste domingo, o prefeito e seu secretário lembram que no sábado o número de mortes foi de seis pessoas e ressaltam que dos 7 óbitos de hoje três aconteceram nos hospitais da rede privada e quatro em hospitais municipais.

O clima de tristeza e de preocupação começa a tomar conta não só apenas dos profissionais de saúde que trabalham nestes hospitais e estão na linha de frente da pandemia, como de toda a população, uma vez que estudos já indicam que a pandemia do coronavírus já atinge todos os bairros da Capital. E o pior é que a mortes não estão restritas a grupos de risco como idosos e com conformidades como pregam certa parte dos políticos brasileiros que clamam pela volta ao trabalho imediatamente. Em dos mortos tinha apena 32 anos.

A primeira morte registrada neste domingo foi de um homem de 76 anos, que começou apresentar sintomas no dia 27 de maio. Ele era hipertenso, tinha doença cardiovascular e morreu no início da madrugada.

A outra vítima é uma mulher de 76 anos, que começou apresentar sintomas no dia 19 de maio. Ela era hipertensa, tinha insuficiência renal e problemas pulmonares. Foi a óbito neste domingo.

A terceira vítima era homem, tinha 67 anos e começou a ter sintomas em 27/05. Era hipertenso, tinha doença cardiovascular, insuficiência renal e neoplasia. Foi a óbito neste domingo.

O outro óbito foi de um homem de 56 anos, que teve o início dos sintomas em 17/05, era hipertenso. Faleceu neste domingo.

Também veio a óbito hoje um homem de 66 anos, que começou a ter sintomas em 29/05. Era hipertenso.

O outro óbito foi de um homem de 38 anos. Ele começou a ter sintomas em 23 de maio e não tinha comorbidades. Veio a óbito neste domingo.

Foi confirmado o óbito por COVID-19 de uma mulher de 60 anos, que começou a ter sintomas no dia 24/05. Ela tinha hipertensão e diabetes e veio a óbito ontem, porém a confirmação do exame saiu hoje.