Deputado quer mudar de 60 anos para 65 idade para ser considerado idoso

Reprodução

image

O deputado federal João Campos (Republicanos-GO) pretende mudar, de 60 anos para 65, a idade para ser considerado idoso no Brasil. O projeto de Lei que prevê a mudança altera o Estatuto do Idoso e a Lei 10.048, que trata da prioridade de atendimento.

Caso a nova legislação entre em vigor, os assentos e atendimentos prioritários em transportes coletivos, bancos e repartições públicas serão destinados apenas para pessoas com idade igual ou superior a 65 anos.

Para João Campos, “não existe mais justificativa para dizer que uma pessoa com 60 anos é idosa”, já que muitas estão atingindo essa idade com qualidade de vida, bem como a plena atividade laboral, intelectual e física. “Para os que alcançam essa idade, nessa plenitude, é afrontoso ser chamado de idoso, uma vez que se sentem como jovens”, cita trecho da proposta.

A proposta está tramitando na Câmara dos Deputados e será analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.