Deputado quer que Bolsa Família seja pago em dobro durante pandemia do coronavírus

Reprodução

image

Um projeto de lei apresentado pelo deputado federal José Ricardo (PT-AM) prevê que o benefício do Bolsa Família seja pago em dobro durante a pandemia do novo coronavírus.

O objetivo, segundo o texto, é amenizar o impacto econômico da crise de saúde nas famílias mais pobres, garantindo uma complementação financeira no valor do benefício.

Em justificativa, ele alega que muitos beneficiários do Bolsa Família são trabalhadores informais e que por isso terão suas rendas reduzidas em razão da pandemia do coronavírus por não poderem sair de casa para trabalhar. “Visto que muitas pessoas que recebem o Bolsa Família, trabalham na informalidade e consequentemente terão sua renda reduzida ao serem obrigadas a ficarem em casa cumprindo as recomendações da área da saúde”, cita trecho da proposta.

Ainda, segundo o deputado, com o benefício sendo pago em dobro, a economia do país terá uma injeção mensal extra de R$ 2,58 bilhões. “A complementação do PBF é fundamental para minimizar os impactos na vida da população, causados pela pandemia. Esse valor a mais, com certeza, fará diferença para milhares de famílias que se encontram na pobreza e extrema pobreza”, complementa.

De acordo com a Câmara dos Deputados, a proposta ainda não foi distribuídas às comissões e, se houver acordo, poderá ser inserida na pauta do Sistema de Deliberação Remota do Plenário.