Desejei vida longa, mas disse que farei oposio ao Governo

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-language:EN-US;}

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB), reeleito no último final de semana, afirmou que fará oposição ao governador eleito Mauro Mendes (DEM).

 

Ele disse que já falou rapidamente com Mendes, após receber uma ligação do político no início desta semana.

 

“O governador Mauro Mendes educadamente, gentilmente, me ligou e deve estar ligando aos demais deputados estaduais eleitos, parabenizando pela minha vitória, desejando sucesso”, disse Wilson.

 

Eu disse a ele: governador Mauro Mendes, parabéns, saúde, vida longa, mas serei oposição ao senhor e a seu Governo

“Eu disse a ele: governador Mauro Mendes, parabéns, saúde, vida longa, mas serei oposição ao senhor e a seu Governo”, acrescentou o tucano.

 

O deputado afirmou, no entanto, que aquelas medidas tomadas pelo novo governador que forem positivas para Mato Grosso terão seu apoio.

 

“Eu disse a ele que serei oposição ao Governo, mas não ao Estado. Aquilo que ele – que foi escolhido pelo povo – encaminhar à Assembleia que for positivo e vier ao encontro do que a sociedade estadual deseja, terá meu apoio”.

 

Fiel a Taques

 

Wilson Santos afirmou também que será fiel ao Governo Pedro Taques (PSDB) – derrotado nas urnas – até o dia 31 de dezembro, quando se encerra a atual gestão.

 

Na avaliação do tucano, que chegou a ser líder de Taques, o governador fez uma boa gestão, mas não conseguiu se comunicar com a população.

 

“Temos consciência de que o governador Pedro Taques fez um bom Governo, mas não se comunicou adequadamente com a sociedade e não conseguiu ser entendido pela sociedade. Mas nossa marca é do companheirismo”, disse Wilson.

 

“Eu sabia, eu tinha pesquisas diárias de que corria o risco de eu perder as eleições, corria risco de não voltar a Assembleia, de a população não renovar meu mandato. Mas não abandonei meu governador, fui com ele até o final, até a cabine de votação e estarei com ele ate dia 31 de dezembro”, concluiu o deputado.