Em ascensão com Luxemburgo, Cruzeiro visita Náutico para embalar na Série B

Em momentos distintos na Série B do Campeonato Brasileiro, Náutico e Cruzeiro se enfrentam nesta terça-feira, às 19h, no Estádio dos Aflitos, no Recife, pela 19.ª rodada. O time mineiro está em ascensão na tabela, sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, enquanto a equipe pernambucana despencou da liderança para o sexto lugar.


Com 30 pontos, o Náutico vem de quatro derrotas consecutivas. O time pernambucano viu cinco adversários ultrapassá-lo na tabela de classificação, um deles o Coritiba, com 33. O Cruzeiro, por sua vez, não perde há cinco jogos, três com Luxemburgo. O time celeste, no entanto, ainda segue na ameaçada 16.ª posição, com 18 pontos, dois acima da zona de rebaixamento.

Pressionado pela primeira vez no comando do Náutico, o técnico Hélio dos Anjos enfim poderá utilizar novamente a dupla de defesa considerada titular. Camutanga retorna após cumprir suspensão na derrota para o Avaí, por 2 a 0, enquanto Carlão está livre do gancho imposto pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela expulsão frente ao Confiança.

No entanto, nem tudo é alegria. O lateral Bryan foi expulso no final de semana e é desfalque. A lateral-esquerda ficará entre Rafinha e Lorran, com o primeiro sendo o favorito para assumir o posto. “Há muito tempo eu não tenho os quatro zagueiros prontos para mim. Recebi os resultados dos exames do Rafael e do Yago, que jogaram sábado, e ambos estão aptos. Carlão está apto, Camutanga também. Há muito tempo eu não tinha isso. Já defini, na minha cabeça, a zaga que vai entrar nesse jogo”, comemorou o treinador.

Luxemburgo ainda não conseguiu colocar em campo o time que considera ideal do Cruzeiro. Desta vez, o treinador não poderá contar com o lateral Jean Victor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Matheus Pereira treinou no setor.

Além de Jean Victor, Luxemburgo está sem Marcinho e Matheus Neris, diagnosticados com covid-19, Cáceres, Henrique, Lucas Ventura e Zé Eduardo, no departamento médico, e Ariel Cabral e Rhodolfo, poupados com desgaste muscular.

Por outro lado, Luxa terá Bruno José, que cumpriu suspensão no empate por 1 a 1 com o Sampaio Corrêa. Ele assumirá a titularidade no setor ofensivo, local da principal dúvida do comandante. O treinador precisará definir se apostará em Marcelo Moreno ou se continuará com Rafael Sóbis entre os 11.