Emanuel comemora novos leitos para Cuiabá

Prefeito da Capital também falou sobre como ficará o atendimento nas unidades básicas de saúde e UPAs

“Estamos investindo para salvar vidas, para preservar a saúde e a vida das pessoas”, disse o Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, após o anúncio na tarde de terça-feira (9) da abertura de mais 20 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), no Hospital São Benedito, tornando o exclusivo para o tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19.  Emanuel também informou que ainda esta semana mais 59 leitos de retaguarda serão abertos na Capital. At[e o final da semana, 12, Cuiabá terá um total de 360 leitos exclusivos  para Covid (entre enfermarias e leitos de UTI).

O prefeito também falou sobre a ampliação na assistência aos casos de Covid-19 com um reforço na terapia intensiva em Cuiabá que passará a contar com mais 109 leitos de enfermaria exclusivas para pacientes com covid-19, sendo 18 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Verdão, 25 leitos na Policlínica do Verdão, 26 na UPA Sul, que fica no bairro Pascoal Ramos.

“Estamos ampliando o atendimento na assistência nos casos moderados e leves das unidades básicas e nos casos moderados que vão ser referências à Covid-19. Com isso estamos transformando uma policlínica e uma upa em unidades exclusivas a Covid-19. Ou seja, essa é uma ação histórica, uma ação de referência para Cuiabá, para que possamos atender a população cuiabana e salvar vidas e do interior também”, afirmou Pinheiro.

O gestor da Capital lembrou ainda da sobrecarga que a Saúde Municipal tem carregado sozinha, sem a ajuda do Governo Estadual e Federal, no atendimento aos infectados da Covid de todo o Estado.

“Até por uma causa humanitária e pela missão de Cuiabá ser a mãe de todos os municípios, temos orgulho e prazer e a obrigação de atender. Já fazemos isso nos casos não covid e temos a obrigação de fazê-lo nos casos de covid, por isso atendemos todo o estado. Mas como vocês podem ver é muita sobrecarga para Cuiabá sozinha estar segurando esse rojão há 3 meses, ampliando leitos de UTIs, dobrando leitos de Enfermarias, estruturando a atenção básica e toda rede de saúde da Capital, sem poder contar com nenhuma ajuda. Mas vamos seguir adiante, todo gasto com saúde, a gestão Emanuel Pinheiro não vê como gasto, ver como investimento. Estamos investindo para salvar vidas, para preservar a saúde e a vida das pessoas. Temos certeza de que o Governo Federal vai apoiar, que o Governo Estadual vai apoiar, estamos todos no mesmo barco” disse.

por JAD LARANJEIRA