Estão abertas as inscrições para o 3º Curso de Cinotecnia do Sistema Penitenciário

Por Esportes e Notícias

Estão abertas as inscrições para o processo seletivo interno do 3º Curso de Cinotecnia do Sistema Penitenciário, promovido pela Coordenadoria de Ensino e Aperfeiçoamento do Servidor Penitenciário (Ceasp-MT) da Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP). O público alvo do curso são os servidores do Sistema Penitenciário e da Segurança Pública que atuam em canis. As inscrições podem ser realizadas por meio deste link e se encerram na próxima sexta-feira (20).

O curso será realizado na sede da Ceasp, nos canis que compõe o Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen-MT) e unidades da Segurança Pública de Mato Grosso. O curso será realizado no período de 13 de abril a 13 de maio, com duração de cinco semanas, totalizando 30 dias.

Segundo o coordenador do curso, Rege da Rocha, o objetivo é melhorar a qualificação dos operadores que atuam com cães para atuar nas várias frentes. “No Sistema Penitenciário, principalmente, a questão de faro para entorpecentes, produtos ilícitos é muito importante. Os cães têm um faro muito apurado para essa finalidade, vai ser muito útil para o Sistema Penitenciário e para as forças de segurança também”.

Ao todo, são ofertadas 44 vagas, sendo 29 exclusivamente para o cargo de Agente Penitenciário do sexo feminino e masculino, sendo para os polos Cuiabá (05), Rondonópolis (05), Água Boa (03), Tangará da Serra (05), Juína (03), Cáceres (05) e Sinop (03).

As outras 15 vagas ofertadas serão para servidores da Segurança Pública, sendo 11 para Mato Grosso (de preferência que atuem em canis) e quatro para outros estados brasileiros.

Serão quatro vagas para a Polícia Militar (PM-MT), três vagas para a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), duas vagas para o Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), duas vagas para a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma vaga para a Polícia Civil (PJC-MT) e uma vaga para a Guarda Municipal de Várzea Grande.

No corpo de instrução participarão profissionais outras instituições, como Exército Brasileiro, Polícia Militar, Polícia Civil, PRF, Corpo de Bombeiros e profissionais de fronteira. “Teremos também alguns instrutores de adestramento da iniciativa privada. Vai ser uma junção de conhecimentos para dar uma gama grande de oportunidade para os servidores que estão atuando”, afirma o coordenador.

“Vai ser um curso diferenciado, com profissionais de renome do Sistema Penitenciário que já atuam por um tempo nessa área de faro de entorpecentes. Estaremos compartilhando com as demais forças esse conhecimento” completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *