Estiagem deve antecipar encerramento da colheita de cana pelas usinas

A forte estiagem no Centro-Sul do Brasil, principalmente em São Paulo, deve fazer com que usinas encerrem a colheita e o processamento de cana-de-açúcar da safra 2018/2019, em média, 20 dias antes do que em 2017/2018.

 

O levantamento, feito pela Datagro Consultoria com 124 usinas – responsáveis pela moagem de 305 milhões de toneladas -, mostra que 107 delas vão finalizar as operações entre 5 dias e mais de 40 dias antes este ano.

 

“As usinas que preveem um encerramento mais tarde só o farão para usar o máximo a capacidade de produção e destilação para o etanol”, disse Plinio Nastari, presidente da Datagro.

 

Segundo ele, com a seca o desenvolvimento das lavouras também é lento e o início da moagem da safra 2019/2020, normalmente entre março e abril, deve atrasar.

 

Com o processamento da atual safra adiantado e a produção prioritária de etanol, Nastari estima que a relação entre estoques e consumo do biocombustível esteja 31 dias acima do que era no ano passado “mas esse estoque é necessário para enfrentar (o consumo) com a entressafra mais longa”, disse.

 

O presidente da Datagro afirmou que ainda é cedo para avaliar se a safra 2019/2020 será menor que a atual, porque o desenvolvimento das lavouras vai depender das chuvas, da insolação, e da intensidade de renovação de canaviais.

 

 

Fonte      http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/estiagem-deve-antecipar-encerramento-da-colheita-de-cana-pelas-usinas-175318