Ex-namorada de Armie Hammer teve medo do ator. “Ele é meio assustador”

Paige Lorenze admite que se sentiu “insegura” durante o namoro

Depois de ter enfrentado várias acusações de canibalismo, Armie Hammer volta a estar no centro da polêmica ao tornarem-se publicas revelações de duas ex-namoradas suas.

Paige Lorenze, que namorou com o ator até setembro passado, confessa ter se sentido “insegura” durante a relação. 

“Ele começou a estabelece regras sobre coisas que eu podia ou não fazer, com quem eu poderia estar, com não poderia”, conta a jovem em declarações à Vanity Fair.

“Comecei a me sentir muito insegura”, explica, revelando até que chegou a sentir fortes dores de estômago devido à  pressão a pressão que estava passando.

Apesar de tudo, Paige admite que era “emocionalmente dependente” de Armie Hammer e que foi por isso que resolveu terminar a relação por mensagem de texto. Uma forma de se proteger de algum “imprevisto” .

“Nunca sabe o que vai acontecer com ele – ele é uma pessoa meio assustadora”, realça. 

Paige Lorenze revela que quando conheceu a celebridade achou estranho o fcto dele começar imediatamente lhe contando segredos “sombrios” da sua família.

“Uma série de coisas realmente obscuras. Fiquei confusa e sem perceber por que razão me estava falando essas coisas tão instantaneamente… Eram coisas que eu nunca partilharia imediatamente”, ressalta. 

“Ele disse que o seu avô era aquele tipo de pessoa muito assustadora, que dava essas festas de sexo malucas onde havia armas”, conta, dando conta de que o ator se sentia “orgulhoso” destes feitos.

Ainda sobre o namoro e o tempo que passaram juntos, a jovem alega que Armie vivia com dificuldades financeiras e que por isso era ela quem tinha de pagar tudo. O ator estaria, de acordo com a revelação, vivendo por conta de empréstimos de amigos. 

Os advogados de Armie Hammer reagiram ao artigo publicado pela Vanity Fair com um comunicado onde defendem que “todas as interações entre o Sr. Hammer e as suas ex-parceiras foram consensuais”.

“As histórias perpetuadas nas redes sociais foram projetadas para serem lascivas, num esforço para prejudicar o Sr. Hammer, mas isso não as torna verdade”, reforça a referida nota.

Por Redação