Expectativa para inflação este ano no Focus se aproxima de 4%, com real mais desvalorizado

O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA este ano subiu pela nona semana seguida e chegou a 3,98%, de 3,87% na semana anterior

A expectativa do mercado para a inflação neste ano se aproximou de 4% em meio a um real mais desvalorizado, ao mesmo tempo em que a projeção subiu para a taxa básica de juros em 2022 na pesquisa Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central.

O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA este ano subiu pela nona semana seguida e chegou a 3,98%, de 3,87% na semana anterior. Assim, permanece acima do centro da meta oficial, que é de 3,75%.

Para 2022 a conta para a inflação permanece em 3,50%, exatamente o objetivo. Para ambos os anos a margem de tolerância é de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Em relação ao câmbio, os especialistas consultados passaram a ver o dólar a 5,15 reais ao final de 2021, contra 5,10 reais antes. Para o ano que vem a taxa subiu a 5,13 reais, de 5,03 reais.

O cenário para a taxa básica de juros permaneceu em 4,0% ao final deste ano, mas para 2022 a Selic passou a ser calculada em 5,50%, de 5,00% no levantamento anterior.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento este ano caiu 0,03 ponto percentual, a 3,26%, e 0,02 ponto para 2022, a 2,48%.

Por Redação