Futebol têm estrelas com nomes exóticos

No próximo domingo, a seleção brasileira vai enfrentar a Áustria, no último amistoso antes da estreia na Copa, no dia 17, contra a Suíça. No banco austríaco estará a principal atração da seleção europeia: o seu técnico.

Não tanto pelo currículo do alemão, mas pelo seu sobrenome: Franco Foda. O blog lista abaixo outros sobrenomes do mundo do futebol que já deixaram narradores, repórteres e comentaristas em situação bem desconfortável. Muitos adotam a estratégia de se referir a eles apenas pelo nome. Não é para menos.

Fabián Coito – ex-jogador uruguaio que defendeu clubes do Uruguai e do Paraguai. Hoje é técnico da seleção uruguaia sub-20.

Salvatore Bocchetti (o ‘cche’ tem som de ‘que’) – zagueiro italiano que já defendeu Genoa, Milan, Rubin Kazan e Spartak Moscou, entre outros.

Verónica Boquete – Atacante espanhola que defende o Beijing BG Phoenix.

Milton Caraglio (o ‘glio’ tem som de ‘lho’) – meia-atacante argentino que fez carreira principalmente na Itália e no México. Atualmente defende o clube mexicano Cruz Azul.

Ana Buceta – jogadora do Levante, da Espanha. Atua no meio.

Łukasz Merda – goleiro polonês de 38 anos.

José Porras – ex-goleiro da Costa Rica que jogou a Copa de 2006, na Alemanha.

Por EXTRA