Governo autoriza contratação de 8,2 mil aposentados e militares para atuarem no INSS

INSS

image

O Ministério da Economia e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou nesta terça-feira (28.04), no Diário Oficial da União (DOU), portaria que autoriza o chamamento público para contratação temporária de 8.230 servidores federais civis aposentados e militares inativos.

De acordo com INSS, a contratação tem como objetivo reforçar o quadro de atendimento nas agências da previdência espalhadas pelo país, que há meses tenta reduzir a enorme fila de pedidos por benefícios previdenciários. Atualmente a fila de espera no órgão passa de 2 milhões.

Conforme a publicação, das contratações a serem realizadas 7.400 são para profissionais que serão selecionados para atuar no INSS nas atividades de atendimento e serviços administrativos e de concessão e revisão de benefícios e demandas judiciais.

Outras 520 vagas são para atuação na Secretaria de Previdência do Ministério da Economia; e outras 290 são para desempenhar função na Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal. Esses profissionais deverão desempenhar as seguintes atividades: perícia médica, análises e processos de compensação financeira previdenciária.

“O prazo para publicação do chamamento público será de até seis meses, contado a partir da publicação desta portaria”, diz trecho extraído do decreto.