Grêmio leva gol aos 48 minutos do segundo tempo e perde do Ceará na estreia

O Grêmio até buscou o empate após levar 2 a 0, mas tomou o terceiro do Ceará aos 48 minutos do segundo tempo e foi derrotado na estreia do Campeonato Brasileiro, neste domingo, na Arena Castelão, em Fortaleza. O gol decisivo do 3 a 2 criou muito suspense sobre a condição de impedimento dos atacantes cearenses. Mas o VAR confirmou o lance depois de três intermináveis minutos.


Cléber, Rick e Jorginho fizeram os gols cearenses, enquanto que Vanderson e Ricardinho anotaram para os gaúchos. Com a vitória nos acréscimos, o Ceará assumiu a vice-liderança com três pontos, enquanto que o Grêmio, sem pontuar, aparece no 17.º lugar, na zona de rebaixamento. Nesta quarta-feira, às 16h30, na Arena Grêmio o time gaúcho recebe o Brasiliense, pela terceira fase da Copa do Brasil.

De olho no clássico contra o Fortaleza pela Copa do Brasil na quarta-feira, o técnico Guto Ferreira mandou a campo um time alternativo. Já o Grêmio, momentos antes do jogo, perdeu o técnico Tiago Nunes, o zagueiro Rodrigues e o meia Pedro Lucas com covid-19. Diego Souza, Ferreira e Luiz Fernando já estavam fora pela doença.

Os dois times guardaram as energias, no primeiro tempo, para os 15 minutos finais. Cléber abriu o marcador para os donos da casa aos 35 em chute de fora da área que desviou na defesa e enganou o goleiro Brenno. Aos 41, Rick ampliou. Ele recebeu de Naressi e bateu no canto esquerdo do arqueiro gremista.

Apesar da pressão alvinegra, o Grêmio manteve a calma e conseguiu diminuir antes do intervalo. Vanderson fez uma jogadaça. Passou por dois, tabelou com Matheus e bateu para estufar o barbante aos 49 minutos.

Na volta para o segundo tempo, o Grêmio manteve o ímpeto e empatou logo aos três minutos. Ricardinho aproveitou cruzamento na área e deixou tudo igual. Os times buscaram a vitória. O Ceará tentou com Rick e Jorginho, mas Brenno defendeu. Já o Grêmio tentou com Léo Chú e Bruno Cortez, mas ficou no quase.

Aos 40 minutos, o árbitro brasiliense Sávio Pereira Sampaio marcou pênalti de Buiú em Bruno Cortês. Ao revisar o lance pelo VAR, porém, ele anulou a penalidade máxima. Após duas bolas na trave, aos 48, Jorginho balançou as redes do Grêmio. O árbitro de vídeo checou o lance e confirmou o gol da vitória do Ceará.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 3 x 2 GRÊMIO

CEARÁ – João Ricardo (Vinícius Machado); Buiú, Messias, Gabriel Lacerda e Kelvyn; Oliveira, Pedro Naressi (Charles) e Jorginho; Saulo Mineiro (Yony González), Cléber (João Victor) e Rick (Wendson). Técnico: Guto Ferreira.

GRÊMIO – Brenno; Vanderson, Geromel, Ruan e Diogo Barbosa (Bruno Cortez); Thiago Santos, Lucas Silva (Jean Pyerre) e Matheus Henrique; Léo Pereira (Jhonata Robert), Ricardinho e Léo Chú (Gui Azevedo). Técnico: Evandro Fornari (auxiliar).

GOLS – Cléber, aos 35, Rick, aos 41, e Vanderson, aos 49 minutos do primeiro tempo; Ricardinho, aos 3, e Jorginho, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Messias, Buiú e Charles (Ceará); Thiago Santos, Pedro Geromel e Jhonata Robert (Grêmio).

ÁRBITRO – Sávio Pereira Sampaio (DF).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Arena Castelão, em Fortaleza (CE).