Hospital de Cáceres troca corpos de mortos, uma com covid-19

Por Esportes & Notícias

Funcionários da ala de liberação de corpos do Hospital São Luiz, em Cáceres, cometeram um grave engano na última terça-feira, quando entregaram corpos errados a duas famílias de idosos que morreram de causas diferentes na unidade hospitalar.

Na terça-feira morreram no hospital Adélio João de Souza, com problemas cardíacos e Alaíde Rosa de Aquino vitima de covid-19. No momento da liberação dos corpos, acabou havendo uma troca, com a vítima de coronavírus sendo entregue para a família de Adélio João.

A família de Alaíde Rosa de Aquino acabou enterrando Adélio João de Souza, sem saber. Como a causa morte tinha sido coronavírus o caixão não pode ser aberto e o enterro sem velório, no Cemitério Park dos Ipês, em Cáceres.

A família de Adélio só percebeu a troca, quando foi insistir para a liberação do corpo que seria levado para São José dos Quatro Marcos para sepultamento. O filho de Adélio ao pedir para ver o corpo do pai no necrotério do hospital ficou sabendo que havia acontecido um engano e que ele já estava enterrado no lugar de Alaíde Rosa.

Diante disso, ele procurou a família de Alaíde e ambos registraram uma denúncia na Polícia Civil.

Os familiares denunciam que a unidade hospitalar tratou a situação com descaso.

O Hospital São Luiz, por meio de nota, informou que abriu uma investigação interna para apurar o que aconteceu e tomar todas as medidas cabíveis. Além disso, salientou que ofereceu suporte para as famílias.