Isabelle Drummond é acusada de construir igreja em casa alugada no Rio

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O nome da atriz Isabelle Drummond, 27, se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais desde sexta-feira (13) após ser acusada de construir uma igreja no quintal da casa em que morava, no Rio de Janeiro, sem autorização da proprietária.


“Inacreditável! A atriz Isabelle Drummond alugou minha casa por dois anos, construiu uma igreja no meu quintal sem minha autorização e, para surpresa minha, me bloqueou nas redes sociais. Por que? Ninguém sabe que ela tem uma igreja?”, postou a proprietária no Twitter.

Muitos internautas comentaram: “Não é uma igreja, é uma célula! Os evangélicos chamam assim”, afirmou um deles. “Se ela mexeu na estrutura da sua casa, realmente é errado”, opinou outro. “Se fosse uma roda de pagode tu ia reclamar”, questionou mais um.

A proprietária então continuou: “Pessoal, só eu não sabia porque moro em São Paulo. Meu vizinho no Rio foi quem me falou da igreja. Mas não era segredo. Sendo ela uma pessoa pública, com uma igreja que também recebe abertamente as pessoas, dificilmente seria segredo”.

A atriz aparece como diretora da igreja Casa Shores Rio, de acordo com registro do CNPJ, ao lado de mais três sócios. Procurada para comentar a acusação de reforma irregular, no entanto, Drummond não respondeu às solicitações da reportagem, feitas neste sábado.

A Lei do Inquilinato, em seu artigo 23, inciso III, estabelece como dever do locatário a restituição do imóvel, finda a locação, no estado em que o recebeu, salvo as deteriorações decorrentes do seu uso normal. A proprietária afirmou que tentou um acordo, mas foi bloqueada. Mas destacou que o tuíte foi só um desabafo.