Itália: com hospitais lotados, doentes recebem oxigênio no carro

A Itália continua sendo um dos países mais afetados pela pandemia da Covid-19, tendo de recorrer a estratégias que permitam dar apoio aos doentes, mesmo fora das portas do hospital

Doentes no hospital de Cotugno, em Nápoles, estão recebendo oxigênio enquanto aguardam dentro dos seus próprios carros para serem vistos por um médico, reporta o Corriere

del

Mezzogiorno.

Esta teria sido uma medida adotada numa ocasião em que o hospital se encontra sem camas suficientes para dar resposta ao número crescente de casos de Covid-19 na região. Assim, enquanto esperam pelo processo de triagem, que se realiza no exterior da unidade hospitalar, muitos são os que se veem na necessidade de receber tratamentos ainda fora.

O diretor

de pneumologia do hospital de Cotugno, Giuseppe Fiorentino, afirma que desde março

“nada mudou” no que diz respeito à assistência hospitalar.

O médico revela que muitas são as pessoas que entram em pânico e se dirigem ao hospital sem necessidade, acabando por ser reencaminhadas para casa, mas não sem antes causarem transtornos

aos serviços de saúde.

Imagens registadas pela Reuters e também divulgadas nas redes sociais mostram a confusão instalada à porta do hospital, onde

profissionais de saúde são obrigados a deslocar-se até aos carros para prestar apoio aos doentes.

O

Corriere del Mezzogiorno

fala num cenário de guerra.