Janaina diz que bebs esto bem, mas no tem data para retorno AL

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-language:EN-US;}

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou estar gravida de gêmeos, mas que por conta de sangramentos está de repouso em sua casa, em Cuiabá, desde dezembro do ano passado.

 

Segundo ela, os problemas tiveram início no último dia 25, no natal. Apesar disso, afirmou que os bebês, que têm seis semanas, estão bem. Ela está sob os cuidados do marido, o empresário Diógenes Fagundes, filho do senador Wellington Fagundes (PL).

 

“Eu estou grávida de gêmeos e desde o Natal estou com sangramento. Então, desde então, eu não saio de casa. Não posso subir escadas, não posso caminhar, não posso passar estresse. E assim estou. Sem previsão de quando retorno. Provavelmente quando parar os sangramentos”, disse ela ao MidiaNews.

 

É a primeira vez que tenho que me afastar da Assembleia. As outras vezes fui após os abortos, porque queria ocupar minha cabeça

Apesar de não poder passar por estresses, a deputada disse ter se magoado ao longo da última semana, enquanto a Assembleia Legislativa votava a primeira etapa da reforma da Previdência, que elevava a alíquota de contribuição dos servidores de 11% para 14%.

 

Isso porque, na gestão de Pedro Taques (PSDB), a deputada foi uma porta-voz dos servidores na Assembleia Legislativa. Entretanto, por conta dos problemas da gravidez, ficou ausente das sessões que votaram a Previdência.

 

Ela chegou a receber uma série de críticas do funcionalismo. Entretanto, disse que, depois, recebeu alguns pedidos de desculpa.

 

“Eu não queria falar para ninguém antes das 12 semanas. As sessões extras acabaram tornando isso público. As especulações em cima disso… Ano passado eu tive duas perdas. E falar sobre isso, para mim, não é fácil. Não é fácil para ninguém na mesma situação”, afirmou.

 

“Insinuaram, porque não sabiam do que se tratava a licença. A maioria, depois de saber, me pediu desculpa ou mandou mensagem de força. As pessoas têm sido compreensivas. É a primeira vez que tenho que me afastar da Assembleia. As outras vezes fui após os abortos, porque queria ocupar minha cabeça. Não falei publicamente sobre a segunda vez que perdi. Mergulhei no trabalho para superar. Dessa vez, decidimos mudar e fazer repouso total até ter segurança para trabalhar”, afirmou.

 

Janaina já é mãe de um casal, os pequenos Sophia Riva Azoia e José Geraldo.