Jornalista italiano sugere que Matteo Salvini cometa suicdio

Um jornalista da estação de rádio da RAI sugeriu a Matteo Salvini, líder da Liga de extrema direita, que se mate, o que levou a mensagens de solidariedade para com o ex-ministro do Interior italiano e à abertura de uma investigação.

 

O jornalista Fabio Sanfilippo escreveu em sua conta do Facebook uma mensagem cheia de fúria contra Salvini, comentando a decisão deste último de romper a coalizão governamental entre o Movimento 5 Estrelas (M5E) e a Liga no início de agosto.

 

“Você mesmo colocou uma corda no pescoço. Você perderá entre 20% e 25% das intenções de voto. Você sabia? O que você fará? Você não tem emprego, não sabe fazer nada, não tem assento como deputado, perdeu sua posição como ministro do Interior”, escreveu Safilippo na rede social, informou o jornal La Repubblica neste sábado, quando a mensagem já havia sido excluída.

 

“É verdade que você está no Senado (Salvini é senador), mas com a vida a que estava acostumado em seis meses, você vai dar um tiro na cabeça”, disse o jornalista.

 

A RAI anunciou que estava abrindo uma investigação sobre esse comentário e representantes do Partido Democrata (centro-esquerda), que substituíram a Liga no governo, expressaram sua solidariedade para o ex-ministro do Interior.