Mãe de onça deixada em pet shop em MT pode ter sido morta

A mãe do filhote de onça-pintada deixado em um pet shop por um morador de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, pode ter sido morta, segundo o delegado Nilson Farias, que investiga o caso. O filhote – que tem entre 2 e 3 meses, foi encaminhado para o centro veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Sinop, a 503 km da capital para avaliações.

A suspeita é que a mãe do filhote tenha sido morta em alguma região de mata no município.

“A onça é um animal muito feroz. Um filhote não teria sido tirado da mãe naturalmente, sem que ela fosse morta”, afirmou o delegado. O caso é investigado.

Segundo Farias, por se tratar de crime ambiental e ter menor potencial ofensivo, a Polícia Civil não deve abrir um inquérito.

Quando for identificado, o responsável deverá responder a um Termo Circustanciado de Ocorrência (TCO).

O filhote foi levado pelo Corpo de Bombeiros, depois que os funcionários do pet shop acionaram os militares. Segundo o major Weber Batista Júnior, o animal não estava ferido e aparentava estar saudável.

Após as avaliações e o crescimento, o bebê deve ser devolvido ao habitat.

 

Por G1-MT