Margot Robbie teme ter atingido auge da carreira e ir ‘ladeira abaixo’

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Margot Robbie, 31, sente que está no auge da carreira. A estrela de sucessos como “Era Uma Vez em Hollywood” e “Eu, Tonya” e que já dividiu a cena com astros como Brad Pitt, Leonardo DiCaprio, Jared Leto, Will Smith, Nicole Kidman e Charlize Theron teme que agora sua vida profissional vá “ladeira abaixo”.


“Honestamente, isso me mantém acordada à noite, essa mesma pergunta”, disse ela em entrevista à Fox News quando questionada se acredita ter atingido o ápice da carreira. “Sinto que estou no topo e talvez tudo esteja em declínio a partir daqui”, brincou Robbie, comentando sua participação no longa “O Esquadrão Suicida”, que estreia nesta quinta-feira (5) nos cinemas e na HBO Max.

“Talvez eu esteja no topo e não possa ficar melhor”, continuou. “Espero que não seja o caso, porque ainda sinto que tenho muito a dar e também há muitos diretores com quem quero trabalhar. E, você sabe, vou continuar escalando o máximo que puder”, pontuou.

“Nesse filme vemos Arlequina mais independente. Ao que tudo indica, ela realmente cortou os laços com o Coringa. Ela não parece estar pensando nele”, afirma, comparando que quando a personagem foi apresentada ao público em “Esquadrão Suicida” (2016), tinha um relacionamento com o Coringa, “mesmo que ele tentasse matá-la o tempo todo”.

Robbie relembrou ainda que no longa “Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fabulosa” (2020) “ela estava lidando com o rompimento da relação. Mas no novo longa, nem estava realmente pensando sobre isso”, conta. “Dessa vez, ela está solteira, pronta para se misturar, procurando pelo amor”.

A atriz destacou estar muito feliz com a independência de Arlequina como personagem, que pela primeira vez não está relacionada ao Coringa, embora tenha surgido no primeiro filme da trilogia como a namorada dele. “Vê-la realmente evoluir para um lugar onde ele nem precisa ser mencionado, apenas mostra isso. Acho que a popularidade do personagem cresceu conforme ela cresceu emocionalmente também. É bem legal”, concluiu Robbie.