Meghan Markle nunca “foi grande fã do Reino Unido”, diz especialista

Desde que assumiu o seu relacionamento com o príncipe Harry que Meghan Markle se tornou numa das figuras mais controversas em Inglaterra. Se numa primeira fase a atriz

pareceu ter conquistado a simpatia dos ingleses, devido à sua história de amor com o príncipe, posteriormente, as suas atitudes e o que era descrito na imprensa internacional levaram a uma mudança da opinião pública.

A especialista em realeza, Ingrid Seward, destacou que Meghan “não era uma grande fã de Inglaterra”. Numa entrevista à Fox News, ela acrescentou que para a duquesa de Sussex, os britânicos “não gostavam particularmente dela”.

A entrevistada ainda comparou o afastamento de Harry e Meghan ao momento em que

Edward

VIII abdicou do trono. Tal como Harry, também este rei se apaixonou por uma norte-americana divorciada,

Simpson, que o levou a abandonar a sua posição real em 1937, fazendo com que o pai de Isabel II fosse elevado a rei.

“Acho que ela não é uma grande fã de Inglaterra. A casa dela é na Califórnia, é lá que está o seu coração”, disse.

Sendo estas afirmações reais ou não, a verdade é que assim que os duques de Sussex largaram o núcleo sênior da realeza, mudaram do Reino Unido para o Canadá.