Mendes rebate Pinheiro e diz que prefeito falsificou balanço de 2019

Por Esportes & Notícias

A troca de acusações entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) ganhou mais uma capitulo apimentado na manhã desta terça-feira. O prefeito abriu a contenda do dia anunciando que entraria com uma ação solicitando uma rigorosa fiscalização nos hospitais Santa Casa, em Cuiabá e Metropolitano, em Várzea Grande, com relação aos números de UTIs para o tratamento da pandemia do coronavírus. Depois, em uma rádio, declarou que o governo do Estado tem uma dívida com a Capital que segundo ele, Mauro Mendes não quer pagar. Em resposta a acusação do prefeito, em um encontro nesta manhã, o governador deu o troco afirmando que o prefeito falsificou o balanço da Prefeitura de 2019. E disse que desde que assumiu o Governo do Estado não tem nenhuma dívida com nenhuma prefeitura.

“Eu ouvi uma denuncia assinada pelo secretário Marcelo Bussick que ele falsificou o balanço da prefeitura de 2019. Vou tornar público isso, o prefeito de Cuiabá falsificou o balanço de 2019, o secretário Marcelo Bussick assinou esta denúncia”, disparou.

Respondendo a uma pergunta do Esportes e Notícias de que o prefeito o acusa de ter deixado quando prefeito da cidade uma dívida de R$ 65 milhões, o governador foi duro “É muito lamentável Cuiabá ter um prefeito como temos hoje. Ele mente o tempo todo, joga palavras ao vento e não discute dados e números. Cadê as UTIs nova que ele diz que montou em Cuiabá. Como não montou nenhuma fica mentindo o tempo todo. É muito triste, muito lamentável, Cuiabá merece carinho. Nós abríamos a Santa Casa que ele deixou fechar. Depois de 70 dias, mentindo, indo a Brasília atrás de dinheiro, anunciando que teria solução para a Santa que ele fechou, nós assumimos a Santa Casa e em 60 dias pessoas com morrendo abrimos o hosplital com 30 leitos que já existiam e mais 50 novos leitos”, disse.
Mauro Mendes indo ao contra-ataque aproveitu para desafiar o prefeito Emanuel Pinheiro a ir na tarde desta segunda visitar o Hospital Santa Casa e depois do Hospital Metropolitano, em Várzea Grnade, que estão aos cuidados do governo do Estado.

“O desafio está lançado. Prefeito o senhor está desafiado a mostrar que o senhor abriu nos últimos 60 dias alguma UTI nova em Cuiabá. Como não consegue joga conversa ao vento, fica fazendo sofismo, fazendo conversa fiada. Gostaria de estar tendo com ele uma conversa séria profissional Não dá ter diálogo com alguém que mente o tempo todo. Ele esta convidado hoje à tarde com sua equipe para visitar a Santa Casa, que ele fechou, às 14 horas e às 16 horas o Metropolitano”, completou.