Misael Galvão suspende atividades da Câmara Municipal por 7 dias

Por Esportes e Notícias

O Presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Misael Galvão (PTB) anunciou , uma série de medidas temporárias e emergenciais para evitar o contágio pelo Novo Coronavírus (COVID-19) pela população de Cuiabá e pelos servidores da Casa de Leis, como suspender as atividades em plenário durante uma semana.

A iniciativa tem por objetivo concentrar esforços para evitar uma eventual propagação do vírus, já declarado como uma Pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo o presidente do legislativo cuiabano, todo e qualquer empenho no sentido de conter uma eventual circulação do Coronavírus torna-se importante neste momento. À exemplo do que já foi anunciado pelo Governo do Estado e Prefeitura de Cuiabá.

As medidas seguem uma Nota Recomendatória emitida pelo Médico Dr. João Leopoldo Baçan, servidor efetivo da Câmara Municipal de Cuiabá, que está baseada nas orientações da OMS. “O país entra em uma nova fase de estratégia, e no legislativo municipal não pode ser diferente, considerando o grande fluxo de pessoas que frequentam o local diariamente”, adverte o Dr Leopoldo.

As medidas anunciadas pelo gestor constam na Portaria Nº 191/2020 (datada e assinada nesta segunda) e possui, dentre as principais ações:

Criação da Comissão de Acompanhamento das Orientações do Ministério de Saúde, das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde visando à implementação de ações de prevenção e enfrentamento do novo Coronavírus, com a seguinte composição:

I- Vereador Misael Galvão
II- Vereador Dr. Ricardo Saad
III- Médico Dr. João Leopoldo Baçan
IV- Enfermeira Aline de Paula Moreira Fedatto
V- Secretária de Gestão de Pessoal Barbara Helena de Noronha Pinheiro
VI- Secretário de Gestão Administrativa Paulo Sérgio do Nascimento

A comissão será presidida pelo vereador Misael Galvão, sendo os seus atos revisados após o término dos sete dias estabelecidos inicialmente.

Outra medida imediata será suspender as atividades da Câmara Municipal de Cuiabá pelo prazo de sete dias a contar desta terça-feira, 17/03/2020.