Morre o treinador Marcelo Veiga, que jogou no Santos e comandava o São Bernardo

Por Esportes & Notícias

O futebol brasileiro está de luto. Morreu nesta segunda-feira o ex-lateral-esquerdo do Santos e atualmente treinador do São Bernardo, Marcelo Castelo Veiga, ou simplesmente Marcelo Veiga. Ele estava internado no Hospital Santa Casa, em Bragança Paulista, desde o dia 20 de novembro e seu quadro de saúde piorou nos últimos dias.

Marcelo Veiga, natural do bairro Casa Verde, em São Paulo, onde iniciou sua carreira, nasceu em 7 de outubro de 1964, tinha 56 anos e como jogador atuou por vários anos no Santos, onde foi um dos destaques na lateral esquerda. O clube emitiu nota de pesar pelo seu falecimento lembrando que atuou na agremiação em 97 partidas no período de 1990 a 1992. A estreia foi na vitória contra o Santo André, por 1 a 0, no dia 04 de fevereiro de 1990, pelo Campeonato Paulista, na equipe comandada pelo ídolo Pepe. Atualmente ele estava dirigindo o time do São Bernardo, de São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

A informação da morte de Marcelo Veiga, que como treinador fez muito sucesso no Bragantino, de Bragança Paulista, onde fixou residência, foi confirmada pelo hospital, mas os detalhes que levaram ao falecimento ainda não foram divulgados.

O treinador estava no comando do São Bernardo, na Copa Paulista. Em novembro, ele testou positivo para Covid-19 e foi afastado para cumprir isolamento. No dia 20 do último mês, foi internado na UTI da Santa Casa de Bragança Paulista por complicações com a doença.