Mulher denuncia marido por estupro da filha com esquizofrenia

Um homem de 44 anos, identidentificado pelas iniciais J.M.O., foi preso na noite de sexta-feira (13) após estuprar sua enteada de 12 anos, que tem esquizofrenia, em Canarana (a 832 km de Cuiabá).

 

A mãe da vítima foi quem acionou os policiais militares. Segundo seus relatos, a mulher estava na sala de casa, enquanto sua filha estava no quarto.

 

Em certo momento, ela foi verificar a menor. Ao chegar ao quarto, encontrou seu companheiro, com quem convive há 12 anos, mostrando seu órgão genital para a adolescente.

 

Aos militares, a mulher afirmou que desconfia que os abusos já tenham acontecido anteriormente, já que constantemente o suspeito fica sozinho com a jovem.

 

Diante dos fatos, os policiais levaram o suspeito para a delegacia, onde ele foi autuado por estupro de vulnerável. De acordo com a lei, o crime de estupro de vulnerável fica configurado tanto pelo ato sexual, quanto pelo ato libidinoso, que pode ser caracterizado até mesmo pela contemplação lasciva, sem a necessidade de existir o contato físico entre autor e vítima.

 

O caso segue sendo investigado pela Polícia Militar.