Mulher percebe arma de brinquedo e reage a assalto

A mulher que reagiu ao assalto a uma padaria e levou uma cabeçada do ladrão percebeu que a arma utilizada no crime era de brinquedo.

O caso foi na manhã desta terça-feira (5), no bairro Residencial Caetano, em São José do Rio Preto (SP), e uma câmera de segurança registrou o crime. (Assista ao vídeo abaixo)

De acordo com a vítima, que prefere não se identificar, a numeração da arma estava raspada e havia uma espécie de borracha na ponta da pistola.

Ainda segundo a mulher, ela só reagiu ao assalto porque percebeu que a arma era falsa.

“Ele chegou, colocou a arma no balcão e ali já percebi que a arma estava descascada e na ponta dela tinha uma borracha preta, tipo de airsoft”, lembra.

“Na hora a gente não pensa, age pelo impulso. A polícia recomenda não agir e na hora a gente não sabe o que fazer. Não acreditei que era eu ali quando vi as imagens, mas na hora a gente quer defender aquilo que batalhamos para conseguir”, explica a vítima que machucou o nariz e os dedos das mãos durante o roubo.

A ação

A câmera instalada do lado de fora registra o assaltante chegando a pé ao local. Ele entra na padaria, vestindo o capuz e com uma arma falsa na mão, ameaçando uma cliente e a funcionária que está no caixa.

O suspeito pega o dinheiro do caixa e vai para cima da mulher, que se recusa a entregar a bolsa. Ela enfrenta o rapaz, e até segura arma dele. (Veja o vídeo abaixo)

Cliente reage e leva cabeçada durante assalto a padaria em Rio Preto; vídeo

Os dois brigam, ele puxa a bolsa, ela resiste e o ladrão acaba dando uma cabeçada na vítima. O ladrão saiu sem levar a bolsa, mas acabou roubando do caixa cerca de R$ 200 em dinheiro, além de pertences das vítimas.

Depois do crime, a Polícia Militar foi acionada e um suspeito foi encontrado no bairro Nova Esperança com celulares das vítimas, dinheiro, além de um veículo também que foi roubado.

“O suspeito alegou que é o genitor do rapaz que cometeu o crime. A versão é de que ele não participou da ação, mas essa é a versão dele. Vai responder por enquanto por crime de receptação. O veículo roubado, o armamento e as vestes estavam na residência dele”, afirma o sargento Ronaldo Pimenta.

A polícia chegou até o suspeito pelo rastreamento do celular da vítima. “A arma de brinquedo e a roupa foram apreendidas. A arma é uma réplica, bem parecida com uma pistola de verdade”, afirma o sargento. O caso será investigado.

 

Por G1