Mulher utilizava marmitaria para traficar e marido morre durante abordagem da PM

Por Esportes & Notícias

Uma investigação de tráfico de drogas na cidade de Campo Novo dos Parecis (385 km de Cuiabá) levou a prisão de uma mulher que utilizava a sua marmitária como fachada para o tráfico de drogas. Já o marido da suspeita teve uma convulsão durante a abordagem e acabou morrendo.

Segundo a Polícia Militar, a denúncia anônima informava que na marmitária também funcionava um ponto de venda de drogas e tinha armas de fogo. Chegando ao local indicado, os policiais encontraram um homem em frente ao local.

Em buscas no suspeito, os militares encontraram em seu bolso porções de pasta base de cocaína e dinheiro e ele precisou ser algemado devido à resistência. Após algemar o suspeito, os policiais entraram na marmitária e encontraram a esposa do homem algemado.

Dentro do estabelecimento que também é a residência do casal, os militares localizaram 34 porções de pasta base de cocaína, 22 pedaços de maconha, uma balança, dois revólveres calibre 38, 12 munições intactas, cinco celulares e R$ 4.606,00 em dinheiro.

Quando os PMs faziam buscas no local, o homem começou a passar mal e de a convulsionar e caiu no chão. Foram iniciados os procedimentos de primeiros socorros e acionada a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que o encaminhou ao hospital municipal.

A mulher disse aos policiais que estava em processo de separação do marido, pois ele não aceitava o tráfico de drogas no local e já teria tentado contra a própria vida outras vezes. A suspeita também disse que no dia da abordagem, o marido tinha tomado uma dose alta de remédio para se matar.

Enquanto os policiais estavam na delegacia com a traficante e materiais apreendidos, a equipe militar recebeu a informação de médicos do hospital municipal, que o homem acabou morrendo na unidade de saúde.

A suspeita continua à disposição da justiça.