Neneca salva no primeiro tempo, mas não impede a goleada do União em Goiás

Por Esportes & Notícias

Foi um vexame. Para um time que precisa ao menos tentar retornar para Rondonópolis com um ponto para manter o sonho de passar para a próxima fase da Série D, o União acabou caindo de 4 a 0 em Aparecida de Goiânia, para o Aparecidense, que pelo volume de jogo poderia ter deixado o gramado com uma vitória ainda mais acachapante.

O União não se encontrou dentro das quatro linhas, foi presa fácil e precisou contar com o goleiro Neneca, que mesmo com seus 40 anos fez boas defesas evitando uma derrota histórica, notadamente no primeiro tempo da partida onde fez grandes defesas garantindo o empate sem gols.

Era de esperar que na fase complementar o União conseguisse desenvolver um melhor futebol. Não foi o que se viu. O time continuou falhando na defesa e nem Neneca conseguiu o milagre de segurar o empate. A goleada começou logo no primeiro minuto. Rafael Cruz cruzou na medida e Édipo, que entrou no intervalo, abriu o marcador de pé direito. Aos 15 minutos já estava 2 a 0. Alex Henrique bateu prensado, a bola sobrou para Rayro, que também entrou no intervalo, e encheu o pé de primeira para fazer um bonito gol. Dois minutos depois, em contra-ataque rápido, Robert avançou desde o campo de defesa e bateu na saída de Neneca.

Aos 40 minutos, o técnico Thiago Carvalho mostrou que estava com estrela. Roniel, que acabara de entrar, também foi para as redes após ficar com bola rebatida. Goleada dos goianos.
Na nona rodada, às 15 horas, o União receberá o Goianésia no Luthero Lopes, em Rondonópolis.