Otite aguda: quais são as causas, sintomas e tratamentos da dor de ouvido?

A otite média aguda normalmente é uma complicação de infecções virais e bacterianas

A dor de ouvido é um problema bastante incômodo e que pode acontecer quando menos se espera. Geralmente, ela está associada a um quadro de otite, uma inflamação do ouvido que pode se dividir em diferentes tipos. Dentre eles, o mais comum de acontecer é o que chamamos de otite média aguda, que atinge a região do ouvido médio, podendo afetar o tímpano, a câmara timpânica, os ossos do ouvido ou a tuba auditiva. Para explicar sobre as causas desse problema, os principais sintomas de otite aguda e qual a melhor forma de tratamento, o Cuidados Mil preparou uma matéria sobre o assunto.

Otite média aguda costuma acontecer principalmente após resfriados comuns e alergias

A otite média aguda normalmente é resultado da ação de bactérias e vírus, mas complicações decorrentes de alergias e resfriados comuns também podem provocar o quadro. Outros fatores, como infecções respiratórias (como a sinusite ou na região da garganta), infecções fúngicas e traumatismos também desencadeiam a otite média.

Como identificar a otite média aguda? Veja os sintomas mais comuns!

A otite média aguda pode atingir pessoas de qualquer idade, embora seja mais frequente em bebês e crianças. Ela pode ser unilateral ou bilateral – isto é, afetar um ou dois ouvidos -, mas independente de qual seja o caso, é algo bem desagradável. Por ser tão incômodo, acaba sendo fácil perceber quando os sintomas de otite aguda se manifestam.

A dor no ouvido é um clássico sinal de que a região pode estar inflamada, mas não é o único: os pacientes podem sofrer também com a diminuição da sensibilidade auditiva, ter febre, dor de cabeça e bastante irritabilidade. Vômitos e diarreia também podem ocorrer, principalmente nos mais jovens. Em casos mais graves, o tímpano se rompe e elimina uma secreção de pus com sangue, mas o ideal é não deixar chegar a esse ponto e procurar ajuda profissional se a dor de ouvido persistir por muitos dias.

O tratamento para dor de ouvido inclui alguns cuidados básicos no dia a dia

Na maioria dos casos, não há necessidade de tratamentos muito específicos para combater a otite aguda porque o próprio organismo consegue fazer isso. Mas dependendo da gravidade da situação e do nível de dor, o ideal é procurar orientação médica (o otorrino é a especialidade mais indicada para isso). Assim, o profissional poderá avaliar o quadro clínico do paciente e, em seguida, receitar alguns medicamentos para aliviar a dor de ouvido e melhorar a otite, como analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos.

Além disso, também é possível adotar algumas medidas bem simples no dia a dia que facilitam o processo de recuperação, como beber bastante água durante o dia, fazer compressas de água morna na região em caso de dor e investir em uma alimentação balanceada, leve e nutritiva. O repouso também é essencial nessas horas, evitando esforços físicos e outros desgastes.

Por Redação