Paciente espera há 1 mês por cirurgia em MT

Um paciente está esperando há um mês para realizar uma cirurgia no Hospital Regional de Sinop, a 503 km de Cuiabá, após ter sofrido um acidente de moto e fraturado o fêmur esquerdo. O hospital informou que a cirurgia não foi realizada devido ao atraso de entrega de medicamentos durante a greve de caminhoneiros.

Segundo a mãe de Kleverson de Oliveira, Célia Regina, o hospital já remarcou a cirurgia várias vezes. Kleverson fraturou o fêmur esquerdo em um acidente de moto no dia 10 de maio.

“Eles remarcam sempre a cirugia e meu filho fica sem fazer a operação, porque dizem que sempre está faltando algo”, disse.

Kleverson gravou um vídeo dentro do hospital, pedindo que a data da operação fosse remarcada.

“Eu queria que alguém tomasse providências para ver se os médicos me operam logo”, afirmou.

Por meio de nota, a diretoria do hospital disse que o paciente deu entrada no dia 10 de maio e que foi submetido a um procedimento cirúrgico para estabilizar a fratura exposta, e que neste mês a cirurgia não foi realizada devido a paralisação dos caminhoneiros, que acarretou no atraso da entrega de materiais e medicamentos na unidade.

 

Por G1-MT